Redes sociais: Mais amor por favor

Redes sociais: Mais amor por favor

Conecte-se com o bem e espalhe amor nas redes sociais e na vida, por favor!

A rede social tem por definição uma organização de pessoas conectadas por um ou vários tipos de relações, que compartilham valores e objetivos comuns. Mas a realidade é bem diferente. Valores e objetivos incomuns dão espaço para agressividade e julgamentos e infelizmente não são todos que usam a rede para espalhar amor e coisas boas.

Assim como na vida real, muitas pessoas “conectadas” divergem sobre determinados assuntos. Até aí tudo bem, desde que as pessoas consigam expor suas opiniões com respeito e algum fundamento e antes de tirar suas próprias conclusões, certifiquem-se do que estão falando.

O crescimento de usuários dentro das redes sociais tem gerado bastante discussões sobre os benefícios e o mal que o mundo virtual tem causado na vida das pessoas. Muitos deixaram que o contato pessoal fosse completamente substituído pelo virtual e muitos especialistas em relações pessoais preocupam-se com o futuro da humanidade.

Por outro lado não resta dúvida de que as redes sociais aproximam também. Pessoas podem estar “conectadas” em todo o mundo e de certa forma sentem-se mais próximas. Mas o fato é que esta ferramenta nem sempre tem sido usada apenas para “conectar” pessoas.

As pessoas ganharam o direito de falar sem mostrar a cara. Apontar o dedo na cara de alguém sem precisar estar na frente da pessoa. Ficou tão fácil julgar. Liberdade de expressão é uma coisa, agressão é outra completamente diferente. Não há problema algum em alguém discordar de algo que você posta, o problema está em como a pessoa coloca seu ponto de vista.

A exposição de ideias e da vida pessoal nas redes sociais nem sempre geram comentários agradáveis. Esta semana Fernanda Lima teve que rebater declarações de internautas revoltados com a foto das duas babás que a apresentadora publicou na página dela. Comentários ofensivos e até acusação de racismo, fez com que a ela passasse a fazer parte do número de pessoas que precisam se “explicar” sobre determinado post que gerou polêmica, sem ter motivo pra tanto blá blá blá.

Claro que a partir do momento que você torna algo público precisa estar disposto a encarar o resultado, porém não seria mais correto as pessoas expressarem seu ponto de vista sem agredir alguém? A lei do “cada um posta o que quer” devia dar espaço para “você precisa mesmo dizer isso para alguém?”.

O que fica claro é que cada dia mais as pessoas fazem julgamentos como se fossem acima do bem e do mal e interpretam à sua maneira, falando o que vem à cabeça. A vontade de aparecer acaba criando polêmicas onde não existem.

Os famosos estão ainda mais expostos à opinião pública, e o preço que pagam pela fama é de ouvir milhares de pessoas palpitando sobre suas vidas como se os conhecessem, mas isso não significa que precisam estar abertos à comentários maldosos e ofensivos. Ninguém precisa. O que leva uma pessoa à seguir a página de uma celebridade se tem a intenção de ofendê-la?

Acredito eu, que seguidores deveriam ser pessoas que admiram ou se interessam por determinado assunto da página, e que fique claro que nem sempre a pessoa deve concordar com o que é postado, porém, não seria mais simples só não curtir determinada publicação ou ao menos deixar uma crítica construtiva?

E as ofensas infelizmente não se limita aos famosos. Cada dia mais “amizades” chegam ao fim, devido à divergência sobre determinados assuntos, especialmente em casos de política e futebol. Onde foi parar o respeito com o outro?

Vejo pessoas se xingando e perdendo completamente a noção em nome da tal liberdade de expressão. E tudo fica ali, para todo mundo ler e em questão de segundos o assunto toma uma proporção desmedida.

Quase tudo que se posta vira racismo, preconceito ou polêmica. De repente virou moda falar bonito, apontar o dedo e se achar o dono da verdade e cada vez mais as pessoas colocam sua raiva para fora de uma forma completamente desnecessária.

Que tal desconectar um pouquinho da vida alheia e preocupar-se com o próprio nariz ? Vamos aproveitar esse espaço que nos conecta uns aos outros para espalhar amor e energia boa?

Siga quem te faz bem, curta quem você ama e antes de colocar sua opinião sobre determinado post pense se isso vai trazer algum benefício, caso contrário, não escreva, use seu tempo para fazer algo mais útil, afinal ainda há vida fora da rede.


 

 

Share This

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *