Os filhos crescem

Os filhos crescem

Como lidar com a fase em que os filhos não querem mais os pais por perto?

Chega uma hora em que algumas crianças não sentem-se mais muito à vontade na presença dos pais em locais públicos. Rejeitar um beijo seu na frente dos amigos de repente se torna comum. O mais difícil é saber lidar com esse tipo de atitude que acontece de uma hora para outra, sem nem você perceber que seus filhos cresceram. Calma, você não é a única a passar por isso.

A atriz Denise Fraga contou em sua coluna na revista Crescer que o filho dela não queria que os pais fossem assistí-lo no jogo de basquete. Sem mesmo entender o por que, ela deixou de ir em alguns jogos e depois de conversar com ele e expor como se sentia, voltou a comparecer.

Cada um com o seu motivo, o fato é que a maioria dos pais vai passar por isso uma hora e para as crianças também é uma situação nova, afinal há alguns dias elas não queriam saber de sair da barra da sua saia. Por isso, também não sabem muito como agir com essa “vergonha”.

Principalmente as mães, que são mais sentimentais, encaram essas atitudes como rejeição e às vezes até ficam magoadas. Porém, dependendo das circustâncias, a atitude pode ser vista como um sinal de que os filhos estão ficando mais seguros e isso é positivo. Romper esse laço não significa cortar a ligação que existe entre vocês e sim respeitar esse momento da vida deles.

Se seus filhos não gostam mais de seus beijos em público, mas continuam carinhosos em casa, não há com o que se preocupar. O mais importante é saber manter essa troca entre vocês de alguma forma e em algum momento do dia.

Apenas tente dar um pouco de espaço para que eles também sintam sua falta. Isso não a impede de dar um abraço quando sentir vontade, mas se sentir resistência contenha-se para não agarrá-los e encher de beijos naquele momento. Desta forma você evita se magoar e constrangê-los.

Expor como você se sente também pode fazê-lo repensar e agir de uma forma diferente, mas sem forçar nada. Para ajudar, tente reparar nas outras crianças. Cada uma tem o seu jeito, porém você vai perceber que seu filho não é o único a agir assim.

Os filhos crescem e nem sempre as mudanças são tão legais à primeira vista, porém todo crescimento é feito de fases. Mas, as fases passam, o amor entre vocês é o que fica. Para sempre!

 

 

Share This

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *