Educação: É preciso saber dizer não

Educação: É preciso saber dizer não

Ceder a tudo que a criança quer não significa que você esteja agindo com só com amor. Saber dizer não nos momentos certos faz parte de uma boa educação.

Educar uma criança é um papel muito importante e os pais não podem simplesmente partir para o jeito mais fácil e concordar com tudo, para não ter maiores aborrecimentos, no momento em que a criança precisa ouvir um não.  É preciso saber dizer, por mais que isso algumas vezes doa mais em você do que na própria criança.

Não existem regras ou uma receita mágica. É um trabalho diário e que necessita de muita atenção e dedicação.

Não adianta negar tudo, desta forma a criança não “ouve” e você se desgasta. O não geralmente tem que vir com alguma explicação. Se a criança entende você não precisará dizer novamente.

Pais omissos ou que simplesmente deixam a criança fazer o que querem, até mesmo para se redimir da culpa da ausência, podem estar “facilitando” a vida dos filhos agora, porém mais tarde eles terão que aprender da maneira mais difícil e nem sempre através do amor.

Há tempos atrás a educação dos filhos era mais rigorosa e hoje é inclusive bastante criticada, porém é preciso encontrar o meio termo. Talvez essa seja a tarefa mais difícil.

A opção de dar uma educação baseada no afeto e sem violência, é sem dúvida uma forma eficaz de se educar, mas isto não significa que você não possa ser rígida se necessário. Pequenas “frustrações” também fazem parte do crescimento. Saber dosar a educação entre o amor e a autoridade não é um caminho fácil de ser percorrido, porém o fato de você se preocupar em seguí-lo já é o primeiro passo.

Pessoas que recebem a missão de criar uma criança têm total responsabilidade em dar o melhor de si. Na educação não existe atalhos. Se hoje você não se preocupa com a direção que seus filhos irão seguir, amanhã poderá ser tarde para fazê-los voltar.

Ainda não há manual para uma educação perfeita e muito menos pais que não cometem erros. O importante é que eles sejam cometidos por adultos que estejam ao menos tentando educar. Por isso tente, um milhão de vezes se for preciso, diga não mesmo que isso lhe custe ouvir alguns minutos de choro. O importante é fazer a sua parte e não o que for mais conveniente.

Share This

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *