De repente é amor

De repente é amor

Se você tem aquele amigo que te faz sentir única, tem milhões de afinidades e te deixa na dúvida se você deve cruzar a linha que divide a relação de amizade e namoro, de repente é amor.

É muito comum amigos tornarem-se namorados, mas ainda nos dias de hoje, admitir que de repente é amor o que você está sentindo e ultrapassar esta linha entre a amizade para o namoro, pode significar um risco. Até aí tudo bem, já que todas as relações podem dar certo ou não, mas perder um namorado é ruim, ficar sem o amigo é pior ainda. O que fazer em um situação desta?

Algumas dicas podem ajudá-la a tomar a melhor decisão. Lembrando-se que o que deve prevalecer é o sentimento dos dois, portanto não baseie-se em histórias semelhantes. Casa relação é única, exatamente porque as pessoas são diferentes.

É muito comum acontecer uma confusão de sentimentos quando há tanta afinidade com uma pessoa, por isso é bom reavaliar se o que está sentindo vai mesmo além da amizade.

Se constatar que não quer mais só a amizade da pessoa, converse abertamente e exponha seus sentimentos. O não você já tem e também há a chance dele passar a te ver com outros olhos.

No caso dele estar apaixonado e você não, tente rever suas atitudes, pois muitas vezes é fácil passar uma impressão equivocada quando se gosta muito de uma pessoa. Será que você não deu espaço pra que este sentimento crescesse? Dê um tempo a ele e explique que não quer magoá-lo, mas não pode ficar com ele só para evitar isso.

É importante lembrar que se vocês são amigos, no mínimo se conhecem o suficiente para saber agir com cautela e evitar um afastamento definitivo.

A possibilidade das coisas não ficarem como antes existe,mas quando isso acontece, o melhor é tentar se relacionar com outras pessoas e deixar a poeira abaixar.

Se o o que está sentindo for recíproco tudo fica mais fácil. Uma relação construída à partir de uma amizade tende a dar mais certo, porque de fato vocês já se entendem em muitas coisas. Deixar de lado o que estão sentindo, por medo de não dar certo também pode abalar a amizade de vocês, afinal esta é uma relação que deve ser baseada em verdades. Não há amizade sincera se existe sentimentos omitidos.

Pense que vale mais a pena tentar viver algo, do que mentir para si mesma e sufocar sentimentos que poderiam se transformar em mais dias felizes. Se não der certo, não era pra dar. Se perder o amigo, é porque ele nem era tão amigo assim. O pior pode acontecer em qualquer situação e o melhor também. Só vivendo para saber no que vai dar.

Pense positivo!

 

Share This

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *